Resenha: “Quem é você, Alasca?” John Green

E aí, gostaram da resenha? Caso tenha gostado não percam a oportunidade de aprender com outros grandes romances. Clique aqui e veja outra resenha.

Hi Girls and boys!!

Hoje vou falar um pouquinho para vocês sobre o livro: Quem é você, Alasca? Do John Green.

Capa do livro: Simples e bonita

Autor: John Green

Gênero: Ficção juvenil

Personagens: Alasca Young, Miles Halter, Chip Martin, Lara Buterskaya, Takumi Hikohito

IMG_3685

Descrição do livro: Miles Halter tem fascinação pelas últimas palavras que grandes pessoas disseram antes de morrer. Vive de devorar biografias. Mas está cansado de ter só isso para livrá-lo do tédio que é a vida com os pais, na Flórida. Em busca do que o poeta François Rabelais chamou em suas últimas palavras de o “Grande Talvez”, Miles sai de casa para ingressar na Escola Culver Creek, um internato no Alabama. Muitas coisas o esperam lá; entre elas, Alasca Young. Inteligente, engraçada, louca e incrivelmente sexy, Alasca vai arrastar Miles para seu labirinto e catapultá-lo sem misericórdia na direção do Grande Talvez.

Resumo do livro: O primeiro amigo, a primeira garota, as últimas palavras.

O que achei: Bom, comprei esse livro há um tempão, porém estava com outros na frente e acabei demorando para ler. Enfim, resolvi começar a ler, mas no início já fiquei meio: Será que esse livro presta? Será que eu continuo lendo? Bom, uma amiga tinha me falado que tinha lido e adorado. Então, como confio nas pessoas resolvi dar um voto de confiança e continuei lendo.  

Minha opinião: Pessoinhas, acreditem se quiser, o livro não começa muito bem, mas acaba de envolvendo muito e segura o leitor com as frases impactantes e as analogias feitas com a vida. Acreditem, o livro é muito bom, principalmente se você gosta de livros que fazem você parar para pensar.

Continuando minha análise crítica… O primeiro livro do John Green que li foi, A culpa é das estrelas. Eu sempre tive preconceito em ler livros de ficção juvenil, pois tenho 28 anos e pensava que eram apenas livros bobos, de romance para adolescentes e que eu estaria perdendo meu tempo lendo. Mas, quando descobri o John Green eu me apaixonei. Então comprei um segundo livro, Cidades de Papel e agora meu terceiro, Quem é você, Alasca?. Enfim, todos me agradaram, o autor é maravilhoso, de muita delicadeza nas palavras e muito inteligente. Não fiz resenha dos outros para vocês pois já li a algum tempo, então depois vou reler e anotar as partes que eu mais gostei e compartilhar aqui com vocês.

Para finalizar minha análise, vou descrever o livro para vocês com alguns adjetivos e verbos que o autor aborda no livro com muita sutileza e inteligência: Amor, dor, surpresa, futuro, lembranças, consequências, tristeza, medo, coragem, luta, prazer, vício, nostalgia… etc.

Por último e não menos importante, minhas frases favoritas e as mais inteligentes:

5809BCBF-37B6-468B-80DD-8E40C675BA67

“Mas por que Alasca? Ela sorriu com o lado direito da boca. Bom, mais tarde descobri o que significava. Tem origem na palavra aleúte Alyeska que quer dizer “aquele contra o qual o mar quebra”, e eu amo isso. (..)” Miles Halter

E eu teria ouvido e teria beijado as lágrimas que caíam dos seus olhos.” Miles Halter

“Chega uma hora em que é preciso arrancar o Band-Aid. Dói, mas pelo menos acaba de uma vez e ficamos aliviados.” Miles Halter

“Tantos de nós teríamos de conviver com coisas feitas e deixadas por fazer naquele dia. Coisas que terminaram mal, coisas que pareceram normais na hora, porque não tínhamos como prever o futuro. Se ao menos conseguíssemos enxergar a infinita cadeia de consequências que resultariam das nossas pequenas decisões. Mas só percebemos tarde demais, quando perceber é inútil.”Miles Halter

“O que estava sentindo não era bem tristeza, era dor. Aquilo doía, e não é um eufemismo. Doía como uma surra.” Miles Halter

“Se as pessoas fossem chuva. Eu seria garoa, e ela um furacão. “Miles Halter

 O medo é a desculpa que todo mundo sempre dá.  Alasca Young

Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em como será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente.” Alasca Young. 

“Como escapar do labirinto do sofrimento? “Alasca Young

“Tínhamos de perdoar para sobreviver no labirinto.” Miles Halter

“Saio em busca de um Grande Talvez.” Miles Halter

“Eu queria ser uma dessas pessoas que têm uma sequência a manter, que chamuscam o chão com sua intensidade. Mas agora, pelo menos, eu conhecia pessoas desse tipo, e elas precisavam de mim como  um cometa precisa de uma cauda.” Alasca Young

Alerta!! Alerta!! Alerta!!
Se não quer spoiler, não leia a última frase!!

E, afinal, o que é uma morte “instantânea”? Quanto tempo dura um instante? Um segundo? Dez? A dor desses segundos deve ter sido horrível (…) somente o mais puro pânico. (…) Duvido que a duração de um instante de dor lancinante pareça realmente instantânea. Miles Halter

♪♫“Mudando de assunto , cê tá tão bonita!!”♪♫

Brincadeirinha…

Então pessoas, espero que tenham gostado dessa resenha, pois eu me diverti muito escrevendo para vocês. Tentei ser bem clara, mas sem contar toda história, deixando apenas um gostinho de quero mais.

Caso tenha gostado não percam a oportunidade de aprender com outros grandes romances. Clique aqui e veja outra resenha.

Me falem aqui embaixo se já leram, se gostaram e se gostariam de ler, tem ele aqui no site da Amazon.

 

Enfim, RECOMENDO.
Sendo assim, o livro “Quem é você, Alasca?” recebe o selo de a Polly’s tips.AI

Até mais girls and boys!!

 

Um comentário sobre “Resenha: “Quem é você, Alasca?” John Green

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s